First Team

MILAN DEIXA A CHAMPIONS


O Milan saiu com a cabeça erguida das quartas de final da Champions League contra o Barcelona, após uma boa prova. Allegri: "Sabíamos que seria dificílimo, nós sabíamos mas crescemos na Europa em relação ao ano passado e esta foi uma boa coisa".

(NA FOTO: O técnico Allegri observa o jogo do banco)

 

MILÃO - Estas foram as declarações feitas pelos protagonistas de Barcelona x Milan, jogo de volta das quartas de final da Champions League, logo após o jogo do Camp Nou:

MASSIMILIANO ALLEGRI

"Seria muito bom que começassemos o segundo tempo com o 1 a 1. A equipe jogou uma ótima partida, jogou discretamente bem, erramos nos primeiros 10' depois o gol do 3 a 1 ficamos um pouco sem forças, mesmo que a equipe tivesse conseguido reabrir o jogo. Tivemos muita garra nos primeiros 10' minutos em levar a bola para a área deles, sabíamos que seria dificílimo, sabíamos mas crescemos na Europa em relação ao ano passado e isso foi uma coisa boa. Maxi Lopez quando entrou sempre jogou bem, hoje também. Nós erramos no primeiro pênalti, depois no segundo teve uma ajuda do árbitro. É claro que preferia entrar nos vestiários com o resultado de 1 a 1 que com a equipe nervosa pelo episódio do pênalti. Boateng é a terceira partida que joga, Robinho o mesmo, estão crescendo em condições e é um bom sinal para o campeonato. Cassano amanhã jogará o coletivo com a equipe, foi importante que ele tenha conseguido a idoneidade, agora veremos as suas condições para uma eventual convocação".

MAURO TASSOTTI

"Eles são neste momento a melhor equipe, porém ficou um pouco de amargo na boca. Após uma partida difícil, a partida estava se encaminhando para o nosso lado. Depois veio aquele pênalti, sinceramente exagerado. Que pena, a partida podia mudar. Por ocasião do terceiro gol eles também tiveram sorte e fecharam o jogo. Temos garra, mas nós estamos perto do nível deles. Se tivéssemos terminado o primeiro tempo com o 1 a 1, o discurso teria se tornado interessante".

ZLATAN IBRAHIMOVIC

"Me desagradou muito, não foi bom, estávamos na partida até o 1 a 1. Eu não entendi o pênalti, começo a entender quando alguém fica bravo com o Barcelona. Foi um episódio que raramente entendi ma minha carreira. Sair assim não foi bonito, mesmo contra a melhor equipe do mundo. Hoje jogamos bem até o 2 a 1, se foi pênalti sobre Busquets poderia ter marcado o que fizeram em mim no segundo tempo. Só marcaram um gol de ação. Champions maldita? Não, saímos com a cabeça erguida. Agora temos muita garra e confiança para poder vencer o scudetto". 

ALESSANDRO NESTA

"Puxei Puyol mas só depois que ele me agarrou. Nenhum jogador protestou, depois o Barcelona é forte, se damos espaço e eles começam a jogar como sabem... a diferença entre nós e eles é grande, mas acho que o Milan tem a possibilidade econômica e técnica para se aproximar desta equipe que um dia, cedo ou tarde, cairá. Eu acho que se nestas partidas conseguirem virar, conseguirão também batê-los. Está certo que eles tem Messi, que cria superioridade numérica, é um campeão, benditos os que o tem! Eu saio de cabeça erguida porque com 36 anos fiz o máximo. Não tivemos sorte, tiramos o Barcelona no sorteio, mas a equipe sai de cabeça erguida, porque saiu com os melhores do mundo. Estou certo que o Milan fará qualquer coisa e daqui alguns anos poderá voltar a sonhar alguma noite de uma vez. Chegamos em Barcelona, e a jogamos e temos jogado partidas por muito tempo. Nestas
 partidas Ambro não erra nunca. Penso que temos a equipe melhor do campeonato, temos um pouco de vantagem e devemos apenas dar a última rebocada".

CHRISTIAN ABBIATI

"Sinceramente não esperava o pênalti e nem os jogadores do Barcelona o esperavam. Lutamos, os fizemos sofrer e os metemos medo, porque com o empate nós estávamos classificados. Foi uma pena pelo terceiro gol, saímos com os campeões da Europa e do mundo, saímos com a cabeça erguida mas estamos arrependidos porque depois do empate do jogo de ida passamos a acreditar mais, Que pena. No Campeonato daqui até o final são oito finais, temos a vantagem de dois pontos, temos que ter garra em todos os jogos. A partir de amanhã temos a cabeça no campeonato, que é o único objetivo que nos resta".

PHILIPPE MEXES

"Foi uma pena porque tivemos várias chances de andar na frente e fazer melhor. Me chateei pelo primeiro gol, que nasceu de uma bola minha perdida. Sobre o 1 a 1 acreditamos e pensamos que poderíamos atacar mais o Barcelona, o episódio do segundo pênalti me pareceu não muito claro. Estava difícil fazer contra-ataques, mas jogar com eles é delicado: os atacantes sempre pressionavam os defensores na posse de bola. Foi uma pena. Cumprimentos ao Barcelona, nós pensaremos no campeonato agora. Temos muita vontade de vencê-lo, não devemos abaixar a cabeça. Estivemos à altura do Barça. Nos veremos no próximo ano com mais determinação e, esperamos, mais sorte. Jogar a cada três dias não é simples, agora recuperaremos e pensaremos na partida de sábado. Nós agora estamos na frente, jogaremos até a morte para permanecer na frente da Juventus".

TAG >

Galeria de fotos

DNA MILAN